quinta-feira, 27 de junho de 2013

A campanha que arrecadou 20 bilhões de reais e mudou a captação de recursos britânica para sempre

"A campanha de captação de recursos de maior sucesso na história britânica". Uma alegação verdadeiramente poderosa, mas uma que a SOFII acredita ser merecida. Utilizando métodos de captação pioneiros, como coleta porta-a-porta, doações de um centavo por semana e a popularização dos brechós de caridade, O Fundo de Captação St. John e Cruz Vermelha Duque de Gloucester levantou o equivalente a 7 bilhões e 700 milhões de libras, algo em torno de 20 bilhões de reais, a valores atualizados. Além de levantar tão estrondosa quantidade de recursos, eles também pavimentaram o caminho para muitas técnicas de captação às quais as organizações recorrem hoje.
Contexto:
O "Fundo de Captação St. John e Cruz Vermelha Duque de Gloucester" foram lançados em setembro de 1939 para levantar fundos para os afetados pela Segunda Guerra Mundial. Por volta de 1946 o Fundo tinha levantado 54.324.408 libras, o que é o equivalente hoje a 7 bilhões e 700 milhões de libras, tornando-o o maior fundo de caridade jamais levantado no Reino Unido. Os recursos do fundo foram para a "Organização de Guerra St. John e Cruz Vermelha".
Características Especiais:
O Comitê do Fundo decidiu direcionar as campanhas para setores específicos da comunidade.
A campanha de doação de um centavo por semana foi um esquema criado com a cooperação do TUC e Organização de Empregadores para arrecadar um 1 centavo por semana dos trabalhadores, doados a partir dos seus salários. O fundo arrecadou £17.663.225 (hoje £1.790.000.000) só a partir de centavos. Seu sucesso foi creditado à ideia de coletar uma pequena quantidade de dinheiro de um grande número de pessoas. A quantia não fez diferença significativa para o orçamento semanal do doador, mas os centavos arrecadados levantaram mais de que um terço do total de recursos do Fundo de Duque de Gloucester. Este foi o precursor de contribuições feitas através da folha de pagamento como nós a conhecemos hoje. Cada ano, £106.000.000 são doados através de folha de pagamento atualmente no Reino Unido, somente 34 por cento do que o fundo de um centavo por semana arrecadou anualmente os anos de guerra.
Os pedidos de porta-a-porta foram organizados em 23 bairros de Londres. Este tipo de arrecadação requereu que fosse criada uma nova lei do Parlamento, “A Lei de Captação Porta-a-Porta”, de março de 1940. A lei exigia que os arrecadadores tinham de ser "idôneos e educados", usassem crachás de identificação, carregassem um certificado de autorização e colocassem todo o dinheiro em uma lata de coleta lacrada.
O Fundo de Assistência de Rússia de Sra. Churchill foi lançado quando a guerra entre a Alemanha e a Rússia começou, em junho de 1941. O fundo levantou £7.984.000 (hoje £808.000.000) e providenciou roupas, cobertores, medicamentos e outros itens para a Cruz Vermelha Soviética. O Fundo de Assistência de Rússia também pagou por maquinário para duas fábricas na Rússia para produzir próteses artificiais.
O Fundo de Agricultura de Cruz Vermelha foi bancado pela União Nacional de Agricultores e vendas organizadas, leilões, exposições de cães e esquemas de cultivo de cebolas. A Sociedade Real de Horticultura enviou pacotes de sementes de flores e vegetais os campos de prisioneiros de guerra (POWs) na Alemanha e Itália. Em 1946, no Grande Parque de Windsor, o Rei George VI plantou nove árvores de carvalho vermelho em forma de uma cruz, para comemorar o fundo agrícola da Cruz Vermelha, que permanecem lá até hoje.
Várias comitês especializadas foram criadas para contribuir para o Fundo, incluindo comitês de esportes, teatro e comitê da colecionadores de moedas, que arrecadaram mais de um milhão de moedas para vender em leilão.
Duzentos brechós de caridade permanentes e 150 temporários foram abertos em benefício do Fundo. Os estoques de mercadoria foram feitas inteiramente de itens doados. O fenômeno de uma cadeia de brechós de caridade entre 1939 e 1945 - antes da Oxfam ser fundada - mostrou o caminho para o subseqüente crescimento massivo de brechós de caridade ao longo dos anos seguintes. Estima-se que existam agora mais de 10.200 brechós de caridade no Reino Unido.
Doze feriados do Dia de Bandeira foram declarados durante a guerra, arrecadando £2.668.826 (hoje £270.000.000). A Christie realizou leilões de bens que foram doados para ajudar o fundo. Outras iniciativas incluíram a campanha dos livros de Cruz Vermelha e St. John e venda de selos.
Inúmeros eventos foram realizados em prol da arrecadação, incluindo filmes, exposições, galas e concertos. Gracie Fields se apresentou em um evento de gala no Albert Hall em 1941 e Yehudi Menuhin deu um concerto em setembro de 1944.
Todos os sectores da sociedade ficaram envolvidos na arrecadação recurso e grande ajuda foi providenciada por escolas, igrejas e crianças. Dentistas fizeram sua parte, doando ao Fundo as receitas da venda do metal dos tubos de creme dental usados.
A captação se encerrou em 30 de junho de 1945 levantando um montante sem precedentes de £54.324.408 (£5.5 bilhões de hoje).
A Cruz Vermelha Americana também realizou uma campanha e levantou um incrível valor de 784 milhões de dólares (177 milhões de libras, ou 25 bilhões de libras - 70 bilhões de reais - hoje) do público americano. Outras organizações da Cruz Vermelha realizaram campanhas semelhantes durante a guerra.
Quando se considera que 4 bilhões e 300 milhões de libras (12 bilhões de reais) foram prometidos internacionalmente para o tsunami do sul da Asia, em 2004, é claro que nenhuma outra campanha de captação de recuros no Reino Unido foi tão bem sucedida quanto o "Fundo de Captação St. John e Cruz Vermelha Duque de Gloucester". O fundo permitiu que o público britânico se unisse para ajudar diretamente as pessoas afetadas pela Segunda Guerra Mundial. A generosidade do povo faz-se mais notável ainda ao percebermos que o dinheiro que foi arrecadado em uma época em que o país estava apertando o cinto, fazendo o que podia e que racionar era a norma.
Influência / Impacto:
O "Fundo de Captação St. John e Cruz Vermelha Duque de Gloucester" salvou inúmeras vidas durante a Segunda Guerra Mundial e contribuiu com três quartos da renda da Organização de Guerra St John e Cruz Vermelha.
A Organização de Guerra enviou cestas básicas para os prisioneiros de guerra toda semana. No total 19 milhões de pacotes foram enviadas para 180 mil pessoas. A Organização de Guerra empreendeu inúmeras outras atividades para apoiar os afetados pela guerra, incluindo um serviço de mensagens, criação de hospitais e casas de repouso, o fornecimento de ambulâncias e transporte de mercadorias e equipamentos.
No final da guerra, os trabalhadores da Cruz Vermelha estabeleceram serviços médicos e de reabilitação para os que foram libertados dos campos de concentração.
Méritos:
O "Fundo de Captação St. John e Cruz Vermelha Duque de Gloucester" é o maior fundo de caridade na história britânica da captação, levantando o equivalente de 7 bilhões e 700 milhões de libras. A campanha instituiu inovações na captação de recursos, incluindo legislação para permitir a arrecadação porta-a-porta e a popularização dos brechós de caridade, permitindo que o público pudesse expressar sua solidariedade com as pessoas cujas vidas foram dilaceradas pela guerra.
Tipo de Caridade: Público / benefício social.
Público-alvo: doações planejadas
País de origem: Reino Unido.
Criador: Louise Daintrey, Cruz Vermelha Britânica.
Nome do exibidor: Louise Daintrey, Cruz Vermelha Britânica.
Data da primeira aparição: Setembro, 1939.
Original em inglês: http://www.sofii.org/node/564

Nenhum comentário:

Postar um comentário