domingo, 7 de julho de 2013

Apoio da União Europeia a projetos de direitos humanos

Uma segunda chamada da União Europeia (UE) financiará projetos na área de direitos humanos. Em complemento à primeira chamada, que divulgamos aqui semanas atrás, e tinha como origem a Delegação da UE no Brasil, esta tem como ponto de partida a sede da União Europeia em Bruxelas e apoiará projetos entre 300 mil euros e 1 milhão e 500 mil euros (entre quase 900 mil e 4 milhões e meio de reais).
O objetivo global desta chamada é incrementar o respeito pelos direitos humanos e liberdades individuais em países onde eles estejam mais em risco e onde defensores de direitos humanos e organizações da sociedade civil trabalhem em situação de restrições severas e grande pressão.
Já o objetivo específico da chamada é apoiar e proteger os direitos humanos e seus defensores, reforçando a sua capacidade de trabalho no curto e longo prazo, bem como proporcionando apoio tangível e meios de ação para a sociedade civil local na promoção de direitos humanos e liberdades individuais em algumas das situações políticas mais difíceis, perigosas, repressivas e imprevisíveis.
Organizações brasileiras atuando em direitos humanos podem enviar propostas, desde que consigam estabelecer a relevância do apoio da União Europeia dentro do objetivo original da chamada.
Projetos devem ter duração entre 18 e 36 meses e a necessidade mínima de contrapartida das organizações é de 5% do valor total da proposta apresentada.
O prazo para envio de propostas é dia 01 de agosto, às 16 horas, no horário de Bruxelas, e a mesma pode ser enviada em português, ainda que o edital desta chamada esteja apenas em inglês, francês e espanhol. Por isso, sugerimos enviá-las até o último dia de julho, dia 31.
Informações completas, diretamente na página da União Europeia, estão aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário