terça-feira, 16 de julho de 2013

Delegação Brasileira da União Europeia lança chamada para apoio financeiro a projetos de apoio à mulheres

Foi publicado no dia 4 de julho o edital "Instrumento para Estabilidade" da Delegação da União Europeia no Brasil, que tem como objetivo incrementar o empoderamento social, político e econômico das mulheres, assim como sua participação e liderança. Os projetos poderão solicitar entre 250 mil e 300 mil euros de financiamento (750 mil a 900 mil reais).
O objetivo específico do edital é apoiar a sociedade civil a lutar contra a violência às mulheres e promover o empoderamento e o papel das mulheres para uma sociedade mais pacífica. As propostas apresentadas devem prever a inclusão de pessoas com deficiência e abordar uma das seguintes prioridades previstas no edital:
Prioridade 1 - Ações para defender e promover os interesses das mulheres, através de programas de empoderamento das mulheres, a organização de grupos de mulheres, formação e capacitação, entre outros.
Prioridade 2 - Ações para fomentar o papel e a liderança das mulheres, como protagonistas e promotores da paz, promover e facilitar o diálogo entre atores não estatais e instituições locais, nacionais ou internacionais cidadania, uma cultura de não-violência e da coesão social.
Prioridade 3 - Ações de promoção de uma cultura de não-violência por meio de educação laica, não sexista, não-homofóbica.
Estão disponíveis, nessa chamada, o total de 900 mil euros (dois milhões e setecentos mil reais), e os projetos podem ser enviados até dia 2 de setembro, em português. A União Europeia financiará entre 50% e 80% do valor total dos projetos apresentados, que podem ter duração entre 18 e 36 meses.
O edital e demais formulários da União Europeia, em português, podem ser baixados neste site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário