segunda-feira, 18 de março de 2013

Sete segredos sobre o bom "networking"


Relacionar-se bem é uma condição essencial para qualquer profissional no mercado de trabalho, e mais ainda para o captador de recursos, que tem como parte da sua atividade cotidiana fazer a ponte entre doadores e as organizações, daí estando em contato frequente com indivíduos, empresas e até representantes do governo. O "networking", a expressão em inglês que identifica esse relacionamento e é bastante comum no meio empresarial, deve então estar na agenda do captador, e não à toa participar de eventos, como o FLAC - Festival ABCR, contribui positivamente para isso.
Neste texto, em que tratamos do tema do "networking", apresentamos a reprodução de um artigo publicado na página da organização britânica Instituto de Captação de Recursos (Institute of Fundraising), em que a autora, Zoe Amar, destaca "7 segredos sobre o bom networking". Segundo o Instituto, é uma leitura obrigatória para todos os captadores.
Para Zoe, o "networking" é sobre como as pessoas forma relacionamentos, tomam decisões e alcançam mais resultados juntas. A área social, com seus valores e ideias de comunidade, é um ambiente ideal para o "networking".
Confira os "7 segredos" identificados pela autora britânica:
1 - Networking é tanto sobre como você pode ajudar as pessoas, como o quanto elas podem ajudar você.  Pense sempre em como você pode ajudar as pessoas e busque fazer um bom trabalho, de longo prazo, que beneficie mutuamente os relacionamentos.
2 - Preparação é a chave. Antes de ir a qualquer evento de "networking", pesquise-o completamente.
3 - Sempre tenha um objetivo em sua mente. Nunca vá a um evento ou a um café com um contato apenas para “ver o que acontece”. Então tenha um plano em prática, mas não se esqueça de tirar um tempo para construir o relacionamento e explorar o potencial de colaborar com o seu contato de outras formas também.
4 - Reflita em como você chegou até lá. O mundo é pequeno, e há boa chances de que as pessoas tenham ouvido falar de você ou do seu trabalho. O que elas poderão ter aprendido online, por exemplo? Quais as características do seu perfil no Linkedin e no Twitter?
5 - Sempre dê continuidade ao contato (follow-up). Caso você tenha conhecido um novo e ótimo contato e tido uma conversa fantástica sobre como trabalharem em conjunto, mantenha-o próximo e em comunicação para desenvolver um relacionamento de atuação.
6 - Seja seletivo sobre o que você fará como "networking", seja ele online ou offiline. teoria, é possível fazer "networking" dia e noite em eventos, cafés, mídias sociais, etc. Mas atuar dessa forma torna a atividade menos prazerosa e é aceitável selecionar e escolher os melhores momentos. Este é o momento em que tendo objetivos claros ajudam, pois vão manter o foco nas prioridades.
7- Esteja sempre atento para as oportunidades. Talvez tenha alguém na sua rede de relacionamentos com quem já há algum tempo não tenha contato, mas pode ser a pessoa ideal para o momento. Ou eventualmente apresentar pessoas dentro da rede que poderiam se beneficiar mutuamente se você colocá-las em contato. Manter os olhos abertos para oportunidades de poder ajudar outras pessoas e de como elas podem ser úteis no seu trabalho – isso é sempre bom.
O "networking" é sobre uma única coisa: pessoas. "Então saia daí e seja útil", conclui a autora. "Quem sabe onde essas conversas vão te levar?"
Fonte original, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário