terça-feira, 12 de junho de 2012

Concursos Federais mais de 16.000 mil vagas


1- Receita Federal
Saiu autorização para 950 vagas. Até R$13.904

Foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta, dia 25 de maio, portaria do Ministério do Planejamento autorizando a realização de concurso público destinado ao provimento de 200 cargos de auditor-fiscal e de 750 de analista-tributário da Receita Federal. Ambos os cargos têm requisito de nível superior em qualquer área e proporcionam remuneração inicial de R$13.904 e R$8.300, respectivamente (incluindo o auxílio-alimentação de R$304).

O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrição será de até seis meses, ou seja, até novembro. No entanto, rotineiramente os órgãos federais costumam liberar o documento bem antes do limite estipulado nas portarias de autorizações do Ministério do Planejamento.

2-Ministério da Fazenda
Saiu autorização do concurso para 463 vagas de nível médio. R$2.690


Saiu a autorização do aguardado concurso do Ministério da Fazenda para o cargo de assistente técnico-administrativo, de nível médio, com remuneração inicial de R$2.690,02, incluindo auxílio-alimentação de R$304. Foram liberadas 463 vagas, com um prazo de seis meses para a publicação do edital.

Conforme consta no Portaria 207 do Ministério do Planejamento, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, dia 17, a seleção será destinada à substituição de terceirizados irregulares no Ministério da Fazenda e o preenchimento das vagas poderá ocorrer a partir do mês de outubro.


3-DNIT
911 vagas para quem cursou 2º grau. Até R$3.849 mensais

O concurso autorizado em maio para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) será uma das grandes oportunidades do ano para aqueles que possuem, no mínimo, o ensino médio completo e desejam ingressar no serviço público federal. Do total de 1.200 vagas que serão oferecidas, 911 são destinadas aos que possuem esse grau de escolaridade, e a remuneração inicial é de até R$3.849.

Das chances para o nível médio, 767 são para técnico de suporte em infraestrutura de transportes, com inicial de R$3.849,88. Há ainda 144 vagas para técnico administrativo, cuja remuneração inicial é de R$2.811,30. Aos graduados serão oferecidas 179 vagas de analista de infraestrutura de transportes (R$8.119,81) e 110 de analista administrativo (R$5.712,21), ambos com requisito de ensino superior completo, em área a ser definida.

A remuneração de todos os cargos inclui o auxílio-alimentação, de R$304, e a gratificação de desempenho. Os admitidos terão de cumprir carga de trabalho de 40 horas semanais e farão jus a estabilidade, característica do regime estatutário. Tanto no nível médio quanto no superior, dependendo da data prevista para as nomeações, poderão concorrer aqueles que estiverem próximos de concluir o curso exigido, já que a escolaridade só precisa ser comprovada no ato da posse.

A expectativa é que o edital do concurso seja divulgado no início do segundo semestre. Embora tenha prazo até novembro (seis meses a contar da autorização) para publicar o documento, o Dnit já informou que pretende fazê-lo no menor tempo possível. Nos próximos dias deverá ser formada a comissão do concurso, que ficará responsável por definir os detalhes da seleção, como a distribuição das vagas pelas regiões.
4-Correios

Os Correios, no momento, aguardam que o Ministério das Comunicações encaminhe ao Ministério do Planejamento a solicitação de abertura de 13.727 novas vagas. Caso sejam aprovadas, elas serão preenchidas, em sua maioria (de nove a dez mil vagas), por meio de um novo concurso, previsto para ocorrer ainda este ano. As demais (de três a quatro mil) serão para convocação dos aprovados na última seleção, realizada em 2011.

A Assessoria de Imprensa dos Correios já informou que somente as localidades e cargos que não tiverem cadastro disponível serão contemplados na seleção. Porém, ainda não há uma definição de onde e em quais carreiras a necessidade é maior. As oportunidades deverão ser abertas em todas as áreas da empresa, sendo a maioria destinada aos cargos de nível médio (carteiro, operador de triagem e transbordo e atendente comercial). Para essas carreiras, os salários iniciais são de R$942,75.

Já para os cargos de nível médio/técnico (técnico de operação e de atendimento e venda), os ganhos são de R$1.677,13, enquanto que para o superior (com especialidades em diversas áreas), os vencimentos são de R$3.512,22. Com o acréscimo de R$550 de vale-alimentação e R$140 de cesta básica, as remunerações passam a ser de R$1.632,75 e R$2.367,13, respectivamente. Os Correios ainda oferecem outro benefícios, como, vale-transporte, plano de saúde, plano medicamente, auxílio creche, entre outros.

5-IBAMA
Confirmados concursos com 408 vagas. 2º e 3º graus

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) quer preencher 408 vagas, através de dois concursos públicos, já autorizados pelo Ministério do Planejamento. São 300 oportunidades para técnico administrativo, de nível médio, e 108 para analista ambiental, de nível superior. A seleção de nível médio, inédita na história do órgão, tem edital previsto para ser divulgado na primeira quinzena de junho, segundo informou o coordenador de Gestão de Desempenho dos Recursos Humanos, Albert de Jager.

Os aprovados serão lotados em todos os estados, além do Distrito Federal. Porém, ainda não foram definidas a quantidade de vagas por cada região e a banca organizadora. No entanto, o diretor de Planejamento, Administração e Logística, Edmundo Soares do Nascimento Filho, declarou que o Cespe/UnB organizará o concurso. O técnico administrativo tem como remuneração inicial R$2.580,72 (R$1.489,52 de salário-base, R$787,20 de gratificação e R$304 de auxílio-alimentação).

Já o edital do concurso para analista ambiental deverá ser publicado até o dia 30 de outubro. Albert disse que o grupo de trabalho ainda será formado para definir o regulamento da seleção. Segundo ele, as áreas de atuação da carreira deverão ser distintas das que foram contempladas no último concurso, realizado em 2008. O vencimento inicial do analista ambiental é de R$5.441,24, sendo R$3.375,64 de salário, R$1.761,60 de gratificação mensal por desempenho e R$304 de auxílio-alimentação.

Em ambos os concursos, os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva, e os aprovados cumprirão carga de trabalho de 40 horas semanais. A contratação será pelo regime estatutário, com garantia de estabilidade.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário