terça-feira, 21 de agosto de 2012

Editais da Funarte terão R$ 8 milhões para projetos de quatro áreas


Rio de Janeiro – Editais da Fundação Nacional de Artes (Funarte), com fechamento entre hoje (20) e outubro, vão destinar R$ 8,1 milhões para as áreas de circo, música, artes visuais e cultura em rede. A participação é livre para cidadãos que tenham trabalhos nas respectivas áreas e não tenham vínculo com o Ministério da Cultura (MinC), ao qual está vinculada a fundação.
Com encerramento hoje, a Bolsa Funarte para Formação em Artes Circenses 2012 oferece 30 bolsas, no valor de R$ 20 mil cada, a estudantes, que participariam de curso, de outubro de 2012 a outubro de 2013, na Escola Nacional de Circo, no Rio de Janeiro. As bolsas são regionalizadas e virão do orçamento da própria instituição. Serão seis bolsas para cada região do país. Os alunos deverão ter entre 18 e 25 anos, sendo a data de referência 8 de outubro de 2012.
As demais bolsas foram publicadas na última quinta-feira (16), quando foram lançados três editais, e sexta-feira (17), quando se lançou o último, e terão inscrições abertas até os dias 1º e 3 de agosto, respectivamente.
Para a área de música, foi aberta a Bolsa de Aperfeiçoamento Técnico e Artístico em Música. Serão 16 vagas, com valores e durações variados, abrangendo períodos de três a seis meses ou de seis meses a um ano, para o Brasil e o exterior. Os valores vão de R$ 16 mil a R$ 65 mil. O objetivo é apoiar atividades de aperfeiçoamento de músicos e técnicos, com idades entre 18 e 35 anos, “visando à excelência artística e técnica”, segundo a Funarte. Os recursos do programa, somando R$ 1,4 milhão, são oriundos do Fundo Nacional de Cultura (FNC).
Os dois editais da área de artes visuais são do Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais – 9ª Edição, e da Bolsa Funarte de Estímulo à Produção em Artes Visuais, e contarão com recursos do FNC. O programa se destina à reflexão e debate sobre o campo, à circulação dos profissionais da área pelo país e à formação de público, em projetos de intercâmbio interregionais. Serão 30 bolsas, com premiação de R$ 100 mil para cada, abrangendo de pesquisas em linguagens artísticas a eventos de reflexão.
Já a Bolsa Funarte em Artes Visuais se destina diretamente aos artistas e profissionais da área, como curadores e museólogos, e distribuirá dez bolsas de R$ 40 mil, para artistas, e cinco bolsas, de igual valor, para a área de crítica.
O quinto edital, a Bolsa Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura 2012, terá um total de R$ 2,5 milhão em bolsas. O objetivo é reforçar a iniciativa dos pontos de Cultura, parcerias do MinC com entidades da sociedade civil e governos locais através do Programa Cultura Viva.
Serão dez bolsas destinadas à continuidade de projetos que participaram de edições anteriores da bolsa e outras 40 distribuídas pelo país, para projetos iniciantes, a maior parte para o Sudeste, à qual se destinam 12 projetos.

Guilherme Jeronymo
Repórter da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário