sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Exposição Biomas do Brasil agora pode ser visitada na web



A exposição Biomas do Brasil foi uma das atrações mais populares do Espaço Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável. Por isso, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), em parceria com o Era Virtual, digitalizou toda a exposição em um site interativo, onde os visitantes virtuais podem acessar todas as imagens e vídeos dos biomas brasileiros. No lançamento, que aconteceu na Arena de Palestras do Armazém 4, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTI, Carlos Nobre, destacou a qualidade da mostra e a importância da Rio+20.

“A mostra Biomas do Brasil foi um grande sucesso de público e atraiu dirigentes e empresários, pela qualidade de conteúdo e pelos valores transmitidos”, disse o secretário. “Seria muito pouco simplesmente empacotar tudo e levar embora ao fim do evento, então começamos a discutir um plano de virtualização da exposição”.

espaço virtual da Biomas do Brasil é uma reprodução fiel do espaço verdadeiro no Armazém 4 do Píer Mauá, com direito a todas as imagens, vídeos e sons que os visitantes puderam conferir durante o evento. O site traz versões em português e inglês das informações, o que ajuda a divulgar as riquezas do Brasil para o exterior. “O usuário vai se sentir como se estivesse na exposição e pode adentrar nos conteúdos mostrados aqui”, disse o secretário.

Carlos Nobre também fez uma avaliação da conferência mundial. “A Rio+20 tem importância em dois lados. O primeiro deles é aferir que agora, 20 anos depois da Rio 92, há um certo sentimento de inércia em relação a mudanças. A Rio+20 mostrou para a sociedade que a agenda do desenvolvimento sustentável não vai regredir”, comentou o representante do MCTI. “Na outra frente, estão as reuniões entre os países, tentando estabelecer acordos e mostrar avanços práticos. A ciência deixa claro que o tempo é um dos nossos recursos mais escassos.”

Para Nobre, esse é o momento do Brasil tomar o destaque no cenário internacional. “Cabe aos países aplicar as políticas decididas”, ponderou o secretário. “O Brasil tem um papel fundamental, tanto guiando os emergentes, como assumindo um papel de liderança no mundo.”

Acompanhe a participação do MCTI na Rio+20.

Nenhum comentário:

Postar um comentário